Moratórias COVID19

 

Medidas extraordinárias de resposta à situação epidemiológica do novo Coronavírus – COVID-19

Estas medidas visam apoiar famílias e empresas num contexto adverso de quebra acentuada de rendimentos. 

 

 

  • Particulares

No caso dos particulares, estão abrangidos todos os empréstimos para habitação própria permanente.

A moratória irá vigorar por 6 meses, até 30 de setembro de 2020. Durante este período, os contratos de crédito são suspensos; em contrapartida, o prazo contratado do crédito será estendido, no futuro, por mais 6 meses.

 

PARTICULARES

 

 

  • Empresas e Negócios

Para os ENI, IPSS, PME e outras empresas do setor não financeiro, o regime abrange os empréstimos contraídos e outras operações de crédito essenciais à atividade das empresas.

A moratória irá vigorar por 6 meses, até 30 de setembro de 2020. Durante este período, os contratos de crédito são suspensos; em contrapartida, o prazo contratado do crédito será estendido, no futuro, por mais 6 meses.

 

EMPRESAS E NEGÓCIOS